quarta-feira, 14 de novembro de 2012

O "Expresso" e a luta contra Angola e José Eduardo dos Santos , familia e amigos

O "Expresso"   não perde uma oportunidade de atacar o regime de Angola.
 
A razão é só uma :  O Governo Português quer privatizar a RTP1  e Fancisco Pinto Balsemão  vê os seus negócios em perigo.
 
Em perigo porque passará a haver mais concorrência.
 
E daí no fim de semana a noticia de que o DCIAP/PGR está a investigar o Vice-Presidente de Angola , mais uns ministros/generais angolanos.
 
Agora, face à posição do Jornal de Angola  lá vem o maçom Henrique   verbalizar contra o Jornal de Angola e contra José Eduardo dos Santos, neste artigo publicado no "Expresso":http://expresso.sapo.pt/a-vergonha-de-angola=f766571
 
E como não podia deixar de ser o dito quadro/maçom  do "Expresso" - "instalado" na vida como diz noutro artigo - lá ataca a referência ´feita à maçonaria pelo  Jornal de Angola e , pasme-se, arremete contra interesses angolanos na área da comunicação social!
 
Claro, o grupo angolano quer a RTP1 e Balsemão, a SIC, o Expresso e a Impresa não querem.
 
Concorrência só quando são eles os interessados!
 
Uma vergonha este ataque a Angola, que nos ajuda, que é parte do Mundo Lusofono, que dá emprego a tantos portugueses e mata a fome a tanta gente nossa, a empresas, que é importante para o bloco lusofono.
 
É grave o Minisério Público português estar a investigar o Vice-Presidente de Angola , mais ministros/generais angolanos.
 
Mas o que pensa o Mº Pº português?
 
Que é isto? O Governo não toma posição? O Mº Pº pode fazer isso sem qualquer controlo político?
 
E as razões de Estado? E o interesse internacional do nosso país?
 
Deixemo-nos de tretas, a investigação é uma ofensa a Angola e um erro tremendo para Portugal, que  anda á deriva,. tem leis que permitem isto e um sistema que não lembra a ninguém.
 
Vamos imaginar que o  Ministério Público de Angola abre processo crime contra  Cavaco Silva, contra os generais portugueses e contra os ministros portugueses por fraude fiscal e branqueamento de capitais, encerra a embaixada em Portugal, expulsa o embaixador português, encerra as empresas portuguesas e expulsa os portugueses!
 
O que é que se dizia em Portugal?
 
O Ministério Público tem de ser menos autónomo, tem de ser mais controlado pelo poder político , nestas matérias que envolvem dirigentes politicos estrangeiros.
 
 
 
 
 
 
 
 

5 comentários:

  1. E eis como os serviços do Estado - DCIAP, são postos ao serviço de interesses privados, em prejuízo não só de outros interesses privados e da livre e "sã" concorrência, mas principalmente do interesses do Estado e de Portugal.
    .
    Ainda que não seja favorável à privatização do serviço público que a RTP assegura, confirmando-se a notícia do períódico de Francisco Balsemão, este gesto do DCIAP fica muito em débito para com a transparência que timidamente alguns ainda vão apregoando.
    .
    E assim Portugal vai sendo espartilhado ao sabor dos senhores do dinheiro, do poder económico, que se vão apoderando do pouco que de bom resta e levando o país por caminhos da desgraça e da ganância, fragilizando-o, até à total perda de soberania.
    .
    Ficarão seguramente prejudicadas as relações Portugal/Angola e o resultado disso far-se-á sentir pela negativa no intercâmbio comercial e investimentos recíprocos.
    .
    Relembrava hoje Cavaco da Silva, que há três anos lançou o alerta de que Portugal estava à beira da explosão social. Mas também fez saber que por agora os portugueses podem ficar tranquilos, porquanto a violência que ontem correu frente à Assembleia da República, foi apenas e só a manifestação de um pequeno grupo organizado e ao serviço, sabe-se lá, de que interesses ou propósitos.
    Assim, fez bem o Sr. PR Cavaco da Silva tranquilizar os portugueses e dizer que a tal explosão social só acontecerá lá mais para daqui a três anos.
    Por agora, podemos continuar tranquilos, sendo certo que a condição económica e social que a todos preocupa é compensada pelos bons serviços prestados pela segurança e quando assim não for, Cavaco da Silva, fazendo uso do mandato que aceitou e jurou cumprir, usará da sua facilidade de comunicação, fazendo apelo à prudência e previdência dos portugueses.
    .
    Portugal vai bem no ranking de países da U.E. e os líderes recomendam-se.

    ResponderEliminar
  2. Dr, bom post.

    O maçónico e traidor á pátria do Balsemão tem feito de tudo nos ultimos 40 anos para destruir Portugal e entregá-lo de preferencia aos interesses espanhóis.

    Daí o ataque ao mundo Lusofono e a Angola.

    Nunca vi no expresso nenhuma noticia onde se denuncie o colnialismo económico e médiatico que espanha está a fazer sobre Portugal.

    Nada que me admira, não seja este especimen amigo de infancia do caçador de elefentes que é rei de espanha, e grande comparsa do Cébrian da Prisa, filho de um falangista do piorio espanhol, e representante em Espanha do grupo Bildenberg, tal como ele o é cá em Portugal.

    É óbvio que ele não quer a privatização do canal 2 da RTP, porque isso significaria menos receita para a Televisão Bildenberguina, promotora da Nova Ordem Mundial e iberista dele, a SIC, e na eventalidade de a RTP 2 cair na mão dos Angolanos, seria uma grande veiculo de afirmação e promoção do mundo Lusófono, o que vai contra os planos iberistas deste traidor iberista do Balsemão.

    Se a RTP 2 fosse para entregar a um grupo de media espanhol ele nem abria a boca, nunca o ouvi ladrar ao porco do balsemão, nem ao jornalzinho dele, do facto de o Porto Canal ter sido vendido, no consulado do sócrates outro traidor do piorio inqualificável, ao grupo espanhol Media Pro, grupo de propaganda iberista e com laços estreitos com o PSOE espanhol, se bem que a coisa não correu da melhor forma.

    http://cabelodoaimar.blogspot.pt/2012/06/bruno-carvalho-e-o-porto-canal.html

    Os Portugueses ou se põem finos, e buscam alianças em Angola e no Brasil, ou estão condeados à ibéria castelhana, não haja dúvidas, a inclusão de Espanha no G-20 que é o esboço de um hipotetico governo mundial, é um mau preságio para nós e demosntra que para a escumalha maçónica internacionalista o destino de Portugal está traçado.

    Continuação de bom trabalho na denuncia deste traidores, e acredito que o dia do juizo final chegara para esta canalha toda, só espero que seja pelos tribunais e que não seja à bala, contudo convêm lembrar que o povo Português é pacifico e tolerante, mas depois de espicaçado é "fogo" como dizem os Brasileiros.

    Não sou eu que o afirmo, é a história que o confirma.

    Cumprimentos.

    ResponderEliminar
  3. Dr.

    Ainda sobre o Expresso, este nojento pasquim de traidores iberistas, veja-me esta peça do maçonico traidor iberista, não lhe posso chamar outro nome, do Henrique Monteiro a propósito da Independência da Catalunha e das eleições de ontem.

    http://expresso.sapo.pt/tres-razoes-contra-a-independencia-da-catalunha=f769444_2?page=2&limit=15

    Veja-me só este paragrafo:

    “O segundo é que a coexistência de vários países no espaço da península é prejudicial à afirmação de Portugal no espaço europeu e mundial. Ou seja, se na Península existirem além de Portugal e Espanha, ainda a Catalunha, o País Basco (ou mesmo a Galiza), tornamos a Ibéria um espaço balcanizado, onde as rivalidades tenderão a aumentar exponencialmente. Nesse cenário, Portugal perde importância, tanto económica, como demográfica e política."

    Isto é totalmente NON SENSE.

    Veja bem ao rasteirismo que este abjeto chega, dizer que não apoia a independência da Catalunha porque isso seria prejudicial para a afirmação de Portugal no mundo e que a península ficava balcanizada como que se isso fosse prejudicial para nós.

    A divisão da Espanha seria óptimo para Portugal porque equilibraria os poderes, e faria de Portugal a potencia hegemónica.

    Pela lógica desta cavalgadura a soldo dos euros castelhanos temos que ser pequenos que é para agradar aos castelhanos, e temos que lhe baixar as calças e por fim entregar-lhes o pais.

    E depois veja esta expressão de claro cariz iberista, do traidor iberista por inerência:
    “ tornaríamos a ibéria”

    Mas que ibéria, é isso que eu quero perguntar a este traidor?
    O resto dos argumentos são de rir, faz comparações com os Balcãs, escamoteando o facto de nos Balcãs imperarem questões de ordem religioso, uma vergonha, um escândalo, um nojo.
    Isto demonstra para quem tem duvidas que o expresso e um jornal a soldo e ao serviço de castela e do lobby iberista.

    O Balsemão a mim nunca m enganou, esse execrável, amigo de infância do Rei de Espanha, amigo do Cébrian e um dos maiores responsáveis pelo estado calamitoso do pais.

    Este Henrique Monteiro, esse está marcado para o futuro com o rotulo de traidor iberista.

    Cá se fazem, cá se pagam.

    Cumprimentos.


    ResponderEliminar
  4. Reacção esperada.

    A iniciativa que o Sr. Dr. José Maria Martins denuncia tinha que produzir os seus efeitos.

    Mas há gente do PSD, incluindo Cavaco Silva, que simpatiza com o poder instalado em Luanda.

    Pau de bicos.

    Interesses mais "altos" se levantam.

    Portugal virá logo a seguir.

    http://jornaldeangola.sapo.ao/19/42/jogos_perigosos

    ResponderEliminar
  5. Doutor.

    Os castilhas, não perdem tempo, ontem, um dia depois dos Catalães gritarem alto e bom som INDEPENCENCIA, os castelhanos vieram logo com iberices futebolísticas para Portugal, mandaram cá o Presidente da liga espanhola dizer que apoia prova conjuntas entre Portugal e espanha.

    Até metem nojo.

    http://www.abola.pt/nnh/ver.aspx?id=366904

    Ainda chamuscados pelas eleições na Catalunha, onde os partidos separatistas da CiU, ERC (Esquerda Republica), CUP e ICV (Comunistas Verdes) controlam mais 5 deputados que em 2010, no total têm 87 dos 135 deputados, ou seja, mais de 2/3 do parlamento, quase 70 % do parlamento e dos votos.

    http://www.vilaweb.cat/noticia/4058786/20121126/partits-sobiranistes-sumen-344735-vots-2010.html

    http://www.elpuntavui.cat/canals/politica/eleccions-parlament-2012.html

    Informação de qualidade é neste jornal Catalão, o AVUI, e também no ARA.cat.

    O La Vanguardia é o dos fretes para o governo de madrid.

    Aqui em Portugal as peças jornalísticas são verdadeiramente mentirosas em relação a este tema, no expresso é o que se vê.

    O DN e JN basicamente limitava-se a postar as no site as noticias da agencia lusa, verdadeiros hinos ao centralismo madrileno.

    As peças da lusa apresentavam os factos como se de uma derrota dos separatistas se tratasse, quando na verdade aumentaram a votação em mais de 300 mil votos e o numero de deputados em 5, e faziam isto apenas e só porque o Artur Mas da CiU perdeu deputados, que transitaram directamente para a ERC que ainda é mais separatistas que a CiU do Mas.

    Se fosse da CiU para o PP ou PSC, partidos de madrid ainda podiam dizer isso, assim não se percebia.
    Noticias dadas e feitas para manter os Portugueses na obscuridade sobre o que se passava na Catalunha.

    Um escândalo.

    Posto isto, o referendo vinculativo vai ser convocado, o presidente da ERC, Jonqueras já disse tal como o Mas que o referendo vai avançar e a independência é o único caminho.

    http://www.elpuntavui.cat/noticia/article/3-politica/17-politica/597903-junqueras-els-grans-reptes-sempre-necessiten-lideratges-compartits.html

    Desde 2009 foram feitos diversos referendos e sempre com votações massivas na independência, sempre na ordem dos 90 %.

    http://en.wikipedia.org/wiki/Query_on_Catalonia_independence

    Os catalães querem seguir o exemplo da Escócia, onde Cameroon assinou no passado dia 15 de Outubro um acordo com o Alex Salmond, chefe de governo Escocês para fazer um referendo em 2014.

    Os castelhanos como vem que o chão lhes está a fugir debaixo dos pés na Catalunha, vieram de imediato para Portugal com iberices futebolísticas, querem fazer torneios "ibéricos", só nome insulta-nos, não vejo la pOrtugal nem luso, e sinto-me insultado se me chamarem ibérico, visto que isso hoje é sinónimo de espanha, basta olhar para o nome da companhia de bandeira espanhola.

    http://www.abola.pt/nnh/ver.aspx?id=366904

    Veja bem o timing, na SIC isto apareceu logo nos rodapes dos noticiários da tarde, por aqui se ve que a SIC é uma televisão ao serviço de madrid.

    O que mais me assusta, é o facto de ter na Federação Portuguesa de Futebol um tipo com claros tiques iberistas chamado Herminio Loureiro, que já no passado se pronunciou a favor de palhaçadas deste género.

    http://www.record.xl.pt/Futebol/selecoes/interior.aspx?content_id=536953

    Traição à pátria.

    Cumprimentos.

    ResponderEliminar