sábado, 11 de setembro de 2010

A RTP e o caso Casa Pia - o Programa "Pros e Contras"

Hoje os meios de comunicaçao social noticiam que a ERC e a Administraçao da RTP criticaram o espaço noticioso que a RTP tem dado a Carlos Cruz.
Parece-me que a presença de Carlos Cruz no programa "Pro e Contras" e que e criticavel e mesmo censuravel, porque inadmissivel.
Ja a "Grande Entrevista" , da responsabilidade de Judite de Sousa me pareceu correcta.
O meu cliente ja  deu entrevistas a RTP e a TVI, pelo que a entrevista a Carlos Cruz e aceitavel , sendo que  a RTP tem sido imparcial em relaçao a mim e ao meu cliente. Nao participei em mais programas da RTP sobre o caso Casa Pia porque nao aceitei, ou por falta de tempo ou por discordar do programa - 2 vezes no caso do "Pros e Contras".
No programa "Pros e Contras" da passada segunda-feira  e que e totalmente inaceitavel a presença de Carlos Cruz. Mau gosto e falta de senso.
Ele esta condenado, nao e sequer aceitavel que possa discutir com um juiz desembargador ou que participe num programa daquele tipo.
E, segundo me parece, so um advogado interveniente no processo aceitou participar.
Eu fui convidado mas nao aceitei.
Jamais iria participar num programa sobre o processo Casa Pia em que estivesse o Bastonario da Ordem dos Advogados e Carlos Cruz e com  jornalista Daniel Oliveira, sendo que em relaçao a este as suas opinioes ferem-me a sensibilidade, porque me parecem de mau gosto, tao de mau gosto quanto o foi o Francisco Louça ter dito que iriam levantar barricadas... quando Paulo Pedroso estava para ser detido!
Creio que a RTP tem de lidar com Carlos Cruz com mais cuidado, mais inteligencia, ou um canal pago por todos os portugueses serve para lançar um ataque violentissimo a juizes, a magistrados do Mº Pº, a policias, contribuindo para a intoxicaçao da opiniao publica.
Bom senso e bom gosto , como diria Antero de Quental, e necessairio.


Nota: O texto nao tem acentos por erro do meu computador.

Recomendo a leitura: Do blogue http://aquitailandia.blogspot.com/search?updated-max=2010-09-11T08%3A27%3A00%2B07%3A00 de indiscutivel qualidade , portuguesismo e cultura.

6 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  2. Caros Amigos

    O filho do outro que queria bombardear as tropas de Salgueiro Maia no Terreiro do Paço e um triste papagaio!
    Que nojo me mete!

    ResponderEliminar
  3. Aos fdp que ofendem dizemos: Chupamos!

    ResponderEliminar
  4. É totalmente inadmissível o tempo de antena que a televisão pública confere a Carlos Crus. Nunca, que me lembre, um condenado teve tamanho privilégio!
    Ele bem tenta convencer o Zé "povinho" da sua inocência, minimizando a inteligência do povo que o ouve. Devia sim, reunir todos os seus esforços e forças para convencer os juizes pois são eles quem na realidade julga!

    ResponderEliminar
  5. Carlos Cruz já várias vezes afirmou que o processo Casa Pia foi transformado no processo Carlos Cruz, devido à constante utilização da sua imagem na maior parte das notícias sobre o escândalo. Afinal, parece-me não estar ainda satisfeito...

    José Maria Martins, foi com agradável surpresa que no seu antigo blog li um texto sobre a influência negativa que a Maçonaria tem na sociedade portuguesa (e não só). Para que o povo português comece realmente a prestar atenção, é fundamental que pessoas como o senhor, isto é, pessoas com visibilidade e conhecedoras dos factos, falem abertamente sobre esta questão.
    O povo continua de quatro e anestesiado.

    ResponderEliminar
  6. P.S.:

    Abaixo, deixo um link para quem quiser verificar o conteúdo. Sintam-se à vontade para comentar.

    http://www.dgsi.pt/jsta.nsf/35fbbbf22e1bb1e680256f8e003ea931/03259faaca96ae26802576b20042f85e?OpenDocument&ExpandSection=1&Highlight=0,ma%C3%A7on#_Section1


    Um "cheirinho":

    "1ª O Supremo Tribunal Administrativo é uma loja maçónica criada, instalada, dirigida e presidida por maçons - como, aliás, o Supremo Tribunal de Justiça é uma loja maçónica, criada e instalada por maçons, em aplicação do disposto no Ritual do Grau 27, e sendo o seu primeiro presidente — B… — e seguintes igualmente maçons."

    ResponderEliminar