quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Fogos por todos os lados - Alguém sabe onde anda José Sócrates?

Com o país a arder, as pessoas aflitas, os seus bens queimados, bombeiros mortos, onde pára o Primeiro Ministro?
Será que foi escolher roupa aos EUA?
Vejam bem, na Rússia o Primerio Ministro Putin anda a combater fogos aos comandos de aviões de combate a incêndios, em Portugal o PM desapareceu!
Grande Putin!
Pobres portugueses que alimentam  suculentamente os seus políticos...
 
 

26 comentários:

  1. Esta omissão ilustra, de certa forma, a fraca conta em que tem os Portugueses.

    ResponderEliminar
  2. Uma autentica vergonha o que este governo iberista e pró-espanhol tem feito aos bombeiros desde 2005.

    Os bombeiros em Portugal desde 2005 tem sido maltratados, marginalizados por este governo que lançou uma autentica guerra e caça aos bombeiros desde 2005 com o fim do Serviço Nacional de Bombeiros e criação da Autoridade Nacional de Protecção Civil.

    Tirou competências e lançou uma guerra no seio dos bombeiros com a criação dos GIPS da GNR e da FEB.

    Os GIPS e a FEB andam em pick'up topo de gama, os bombeiros esperam há 3 anos por um concurso de entrega de 95 viaturas.

    Há 5 anos que não vêm um equipamento novo, tem que ir a França comprar sucata. O que tem mais graça é que os GIPA ás 6 horas vão embora e deixam os incêndios para bombeiros apagarem, estejam estes por controlar, dominados, ou em rescaldo.

    Depois esta modernice da Protecção Civil (ANPC) é uma verdadeira "palhaçada", os bombeiros é que são a PC, de resto é só tachistas a comer a volta da industria do fogo, os bombeiros é que estão lá para ajudar as populações e é com os bombeiros que nos vimos quando precisamos, não é com estas "elites" que se dizem da protecção civil que este governo criou em 2005.

    Vergonhoso é também o que se passa com os meios aéreos pesados, e com esta pedinchice ao estrangeiro de canadair´s que se tem visto nestes últimos anos.

    Como é que é possível um pais como Portugal ter apenas 2 canadairs, quando até 2007 tivemos sempre no mínimo 4 canadair´s a actuar e em 2006, 2 beriev's.

    Portugal tinha que ter pelo menos 6 canadair's para as coisas andarem bem, mas não, temos 2.

    Parece que isto é para que tenhamos sempre que nos andar a rebaixar a outros, países, nomeadamente a Itália, França, e Espanha, então a Espanha é uma vergonha, sempre este rebaixar, a pedir canadair's aos espanhóis, isto em parte é para dar a entender para a opinião publica que os espanhóis são nossos amigos e bons rapazes, quando na verdade este pais conspira contra Portugal todos os dias, o iberismo já chegou ao combate aos incêndios.

    Comparem com outros países Europeus e vejam quantos canadair´s têm.

    França: 22
    Espanha: 18
    Grécia: 13
    Croácia: 6
    Itália: 15

    Portugal tem 2, o que não dá para nada, um grande incêndio ocupa logo os 2 canadair´s, e depois se surgir outra ocorrência já não há...

    É uma vergonha.

    Vejam no you tube como fazem em França, 3 e 4 canadair's em linha lançar agua, não há cabeça de fogo que resista.

    ResponderEliminar
  3. O PM anda de férias na estranja a curtir o saque e a rir-se dos portugueses parvos que votaram nele pela segunda vez.

    ResponderEliminar
  4. Convido-o também a dar uma espreitadela neste blog dos bomberios onde se denuncia o que o maçónico do GOL anda afzer aos bombeiros, quer acabar com eles.

    Hoje é que el vem falar de mais meios aereos quando em 2006 cancelou um contrato par aquisição de 6 canadair's, financiados pelo BEI para agora sermos os pedintes de canadair's da europa, entãoa espnha, mete nojo.

    Desde 28 de julho para cá quase todos os dias cá tiveram que andar a actuar em Portugal canadair's estrangeiros, entre 28 de julho e 2 agosto dos italianos, e dai para cá os espanhóis vieram cá quase todos os dias, e não vem de borla, são pagos a peso de ouro.

    Fazem de conta que somos mais uma provincia espanhola para onde os canadadir's são deslocados, é uma vergonha.

    e quando o pais arede há masi de uma semana o senhor do GOl vem dizer que esta tudo bem e que os meios são suficeintes.

    Hoje anunciou mais 2 helicopteros, com certeza que vão ficar por um balurdio.

    http://bombeirosparasempre.blogspot.com/2010/08/governo-anuncia-mais-dois-meios-aereos.html

    Veja também aqui mais uns link’s onde se denuncia esta palhaçada que são estas pedidos constantes de meios aéreos a espanha, nesta rebaixaria, em que o MAI prepara a época de fogos a contar com os canadair’s espanhóis que só vem quando não fazem falta em espanha, e são pagos a peso de ouro.

    Isto é para passar para a opinião publica que os espanhóis é que são nossos amiguinhos e ate canadair’s nos enviam.

    http://bombeirosparasempre.blogspot.com/2010/08/sao-pedro-do-sul-situacao-e-dramatica.html

    ResponderEliminar
  5. Uma autentica vergonha o que se passa na generalidade em Portugal no que respeita ao combate aos fogos, e especificamente no incêndio de São Pedro do Sul.

    A floresta Portuguesa desaparece a um ritmo maior que a floresta amazónica, por culpa destes (des)governantes que não dotam este pais de uma frota de aviões pesados em numero suficiente para impedir que os fogos atinjam a dimensões dantescas como o de são pedro do sul

    É anedótico que Portugal, um pais mediterrânico e onde o risco de incêndio é mais elevado na Europa, segundo o EFFIS (European Forest Fire Information Sistem), ter apenas 2 canadair’s Cl-215, vejam aqui no site deste organismo Portugal como o campeão da área ardida na Europa, do lado esquerdo tem uma caixa com o registo dos fogos e a área ardida e é impressionante o número de fogos em Portugal, comparado com Espanha, Itália e França, parece que o site é Português, tal o número de fogos em Portugal comparando com os outros paises.

    Podem ver também todo o território português a vermelho escuro, aproximem o mapa.

    http://effis.jrc.ec.europa.eu/current-situation

    Portugal tem este ano, ou melhor aluga, 2 canadair’s Cl-215, que pelos vistos já andam presos com arames, visto serem máquinas a caminhar para os 20 anos, quando até 2007 tivemos sempre no mínimo 4 canadair´s a actuar, e em 2006 2 canadair’s e 2 beriev's.

    Comparem Portugal com os restantes países mediterrânicos, que possuem dezenas de aeronaves desta natureza, ficam aqui os números segundo o wikipédia, que como se sabe não é totalmente fiavel, visto o wiki ser a enciclopédia livre, mas não andara longe da verdade.

    França: 22
    Espanha: 18
    Grécia: 13
    Croácia: 6
    Itália: 15

    Vejam no you tube como fazem em França, 3 e 4 canadair's em linha lançar agua, não há cabeça de fogo que resista.

    Alguns dirão que são países maiores que Portugal em área, alguns sim, outros não, a Grécia e a Croácia não são, e possuem 13 e 6 canadair’s respectivamente, a França, a Itália e a Espanha são, mas não se podem esquecer que Portugal dos 90.000 km2 de área que tem, cerca de 65 % têm vocação florestal e estão em risco máximo de incêndio grande parte do verão, algo que não se passa nestes países.

    Para alem disso na França só há incêndios na parte sul, na parte mediterrânica e na Córsega, o resto do pais mais a norte não tem esses problemas, a Itália não esta exposta a um risco tão grande como nós e a percentagem de território florestado é muito menos que a nossa, o mesmo se passa em Espanha, apesar de serem países maiores que Portugal, tem em comparação com Portugal uma percentagem muito menor área de florestada, que temos todo o pais do Tejo para cima coberto de pinheiros e eucaliptos.

    Portugal teria que ter no mínimo 6 canadair’s para que as coisas corressem bem, o ideal seriam 8, para não termos que andar sempre feitos pedintes a pedir meios aéreos ao estrangeiro, parece que os Portugueses gostam de ser tratados como os pedintes da Europa.

    Uma vergonha.

    Mas parece que este governo que tão mal tem tratado os bombeiros em Portugal desde 2005, governo este onde ministros como Mário Lino se declaram iberistas de caras, em que o MNE, Luis Amado diz que o futuro de Portugal passa pela ibéria, e em que o Pm diz ter como principal prioridade a Espanha, Espanha, Espanha, este governo prefere mandar vir canadair's ou de itália, França, e principalmente de espanha, que é para parecer e dar a entender ao povo que os espanhóis são bons rapazes, como diz o comentário anterior o iberismo já chegou ao combate aos fogos.

    ResponderEliminar
  6. continuação...

    A prova de que os dois canadair’s estacionados em Seia são insuficientes, está no próprio site da ANPC, desde o dia 28 de Julho, data em que chegarem a Portugal 2 canadair’s italianos, quase todos os dias desde ai e hoje já vamos no dia 7 de Agosto, Portugal teve que recorrer a canadair’s estrangeiros.

    Entre os dias 28 de Julho e 2 Agosto actuaram os canadair’s italianos e no dia 29 2 espanhóis em Viana do castelo, a partir dai e esta informação estava no site da ANPC tivemos que pedir canadair’s a Espanha no dia 3 para o incêndios do geres em Arcos de Valdevez, dia 5 de Agosto num incêndio em Mogadouro no parque natural do Douro Internacional, e nesse dia penso que também novamente no geres no incêndio de terras de Bouro.
    dia 7 de Agosto novamente no incêndio de são Pedro do sul segundo o que se encontra na página da ANPC.

    dia 7 de Agosto novamente no incêndio de são Pedro do sul segundo o que se encontra na página da ANPC.

    No dia 8 os canadair’s espanhóis voltaram ater que actuar em São Pedro do sul

    Dia 9 andaram mais 2 canadair’s espanhóis a actuar no geres, em terras de Bouro.

    Ontem dia 10 os canadair’s espanhóis voltaram a actuar no geres.

    Hoje hoje não andam porque também deflagraram incêndios da Galiza como é possível ver no site do EFFIS, a culpa, é do senhor do MAI que planeia a época de fogos a contar com os canadair’s espanhóis, mas estes apenas vem a Portugal como é lógico apenas quando não são necessários em Espanha.

    Para além disto, já antes do dia 28, data da vinda dos 2 canadair's italianos se tinham pedido canadair´s a espanha.

    Isto é negativo para a imagem do pais, passa para o estrangeiro uma ideia de incapacidade e de caos no pais.

    Não se pode banalizar desta forma o pedido de meios estrangeiros, isto só deve ser feito em situações excepcionais, não tem jeito nenhum andar todos os dias a pedir canadair’s a outros países, mais ninguém o faz na europa, a menos que se verifiquem calamidades como a de 2003 ou 2005, não no actual cenário, temos que ter os nossos meios próprios, e os existentes esta provado que não chegam para as encomendas.


    Sendo assim, fica provado que os 2 canadair´s são insuficientes e ter se iam poupado milhares de hectares de floresta tanto este ano como nos anteriores se Portugal tivesse em vez de 2, uma frota de 6 canadair’s, o ideal seriam 8, mas mesmo 4 teriam poupado milhares de hectares de floresta.

    Por exemplo o incêndio de São Pedro do Sul que durou 5 dias, não teria sido nada se tivesse sido atacado na sua fase inicial por meios aéreos pesados, não foi porque?

    Porque há hora que começou ontem à tarde o incêndio de São Pedro do Sul, os canadair’s portugueses estacionados em Seia andavam no incêndio do geres, e por este motivo um fogo que podia ter sido travado na sua fase inicial por meios aéreos pesados que lhe cortassem a cabeça transformou-se num gigante que já é visível do espaço segundo o que vi numa imagem que a sic mostrou às 8 horas no jornal da noite, e se pode tornar no maior incêndio do ano.

    Esta pedinchice de meios aéreos ao estrangeiro é verdadeiramente deprimente, então a Espanha é uma vergonha, amenos que os responsáveis da ANPC já preparem a época de fogos a contar com os canadair’s estrangeiros, talvez seja uma directiva do ministro da administração interna para que tenhamos sempre que nos andar a rebaixar a outros, países, nomeadamente a Itália, França, e Espanha, então a Espanha é uma vergonha, sempre este rebaixar, a pedir canadair's aos espanhóis, isto em parte é para dar a entender para a opinião publica que os espanhóis são nossos amigos e bons rapazes, quando na verdade este pais conspira contra Portugal todos os dias, parece que o iberismo já chegou ao combate aos incêndios.

    ResponderEliminar
  7. continuação...

    Enquanto Portugal á semelhança dos restantes países mediterrânicos não tiver uma frota própria de aviões Canadairs, tripulados pela Força Aérea Portuguesa como acontece em todos os outros países que os possuem, e acabar de vez com esta mamadeira que são os alugueres de Canadairs e restantes meios aéreos, porque dos 56 meios aéreos da campanha de 2010 apenas 10 são do estado, os 6 kamov e os 4 ecuriel, com isto não quero dizer que o estado deve possuir a totalidade dos meios, isso não é necessário, mas a juntar aos helicópteros que já possui devia ter meios aéreos pesados alugando depois os restantes meios, nomeadamente helicópteros ao sector privado.

    Contudo não os temos e todos os anos continuam a arder milhares e milhares de hectares de floresta desnecessariamente, e o que mais me choca é que a sua aquisição este muito perto, em 2005 o Santana Lopes tinha o contrato já muito adiantado para a aquisição dos 6 canadairs

    http://dn.sapo.pt/Inicio/interior.aspx?content_id=594541

    Contudo e fruto do golpe de estado institucional protagonizado pelo senhor Jorge Sampaio Presidente da República à altura, com o consequente saneamento do Santana Lopes tudo foi por água a baixo porque o Ps decidiu desistir do concurso que estava em marcha.

    Mas o que é mais grave e difícil de explicar é porque motivo é que o governo PS depois de tomar posse desistiu de um concurso público internacional de aquisição de 6 aviões Canadair, co-financiado pelo Banco Europeu de Investimentos na razão de 6,5 milhões de euros por cada avião novo, ou seja, os aviões novos custavam cerca de 25 milhões de euros cada e o BEI financiava cerca de 25 %.

    Por exemplo a Espanha e Grécia adquiriu grande parte da sua frota de Canadair ao abrigo deste programa do BEI, pelo facto destes e países à semelhança de Portugal ainda ser considerados elegíveis para o Fundo de Coesão, e nós em vez de aproveitarmos e adquirirmos os aviões na altura preferimos pagar Milhões de Euros anualmente em concursos de aluguer de aeronaves.

    http://grandelojadoqueijolimiano.blogspot.com/2005/08/economia-do-fogoi.html.

    Isto só se explica porque há muita gente a comer do aluguer destes aviões e não querem acabar com esta mamadeira, aliás os 2 canadair’s que actuam em Portugal de matricula EC-HEU e EC-HET são propriedade da empresa espanhola HISPORAVIA e alugados desde 1998 primeiro pela Aerocondor agora pela espanhola Inaer.

    Portugal tornou-se num depositório de sucata da europa, nomeadamente Canadair’s velhos, air tractor's, dromader's, estes últimos que já não se usam a não ser em Portugal.
    No que diz respeito ao combate a incêndios com aeronaves andamos sempre um passo atrás da Europa, já todos os países mediterrânicos usavam canadair's Cl-215 e nos ainda andávamos com catalinas, que só saíram de cena penso que em 2001, ou seja, nessa altura fomos depositório de sucata, de catalinas.

    Agora que os outros já usam os canadair’s Cl-415, nós usamos os Cl-215 e somos depósitório de canadair’s, dromader's obsoletos e air tractor's, que a "industria do fogo", ou seja, as empresas privadas através dos contactos que têm no sistema e no lobby instalado conseguem por a voara em Portugal, e que já não voam nos outros paises europeus.

    É uma vergonha.

    Podem ter a certeza, no dia em que algum governante correr com estes papantes todos e encostar este lobby, e Portugal adquirir uma frota de no mínimo de 6 canadair´s, o ideal seria 8, podem ter a certeza que os grandes incêndios vão diminuir, enquanto isso não acontece a floresta Portuguesa vai sendo queimada a um ritmo alarmante.

    ResponderEliminar
  8. http://www.nosdacomunicacao.com/panorama_interna.asp?panorama=237&tipo=G

    Para quando aqui?
    Ou caminharemos alegremente para um "aló bloc central" acompanhado de opinion makers do regime em força(como acontece)?

    ResponderEliminar
  9. Não andam todos a dormir, pois alguns já vão percebendo como identifica-los....

    Por acaso já alguém reparou no Logótipo da Proteção Civil??

    Ai...que linda Piramide !!
    ....E tem 1 Sol e tudo de fundo....tsh, que coincidencias maradas pá!!

    pois pois!

    ResponderEliminar
  10. É a diferença entre ser Putin e ser filho de put...in!

    ResponderEliminar
  11. Foi á USA comprar á loja snob mais um fatinho novo à conta dos otários que descontam para ele

    ResponderEliminar
  12. Caro Dr.

    Acho muito bem que o cidadão Pinto de Sousa, de alcunha "o Engenheiro", não apareça. Seria mais um a atear os fogos, com a vantagem de não ser condenado mesmo que o apanhassem com a boca na botija.

    ResponderEliminar
  13. Isto está uma desgraça. Portugal foi tomado de assalto pelo Ali Baba e os milhares de ladrões. Esta gente não está para governar em favor do povo mas para governar em seu próprio favor de forma descarada e sem nenhum pudor. Tudo o que poder dar-lhes tacho a eles ou aos boys é controlado através de leis aberrantes. São uns traidores. Súcia de malfeitores. Se os portugueses tivessem tomates já tinham feito três ou quatro de cada um. Gente louca e maligna, a pior peste de toda a história portuguesa. Já ouviram falar no PROT? É a maior aberração que podem imaginar pelo menos na minha zona. Quem não tenha pedido autorização para contruir nas terreolas de vários concelhos até início de Março deste ano já não poderá construir nem que ao lado o seu irmão que tenha herdado metade da terra já tenha feito uma casa. E quem tenha feito o pedido tem apenas um ano para construir e a possibilidade de pedir depois mais um ano. Quem tenha feito o pedido dentro do prazo mas não contrua em dois anos não poderá já construir na sua terra. Isto vai arruinar as aldeias e as pessoas que já vivem tão mal. As terras passam a valer nada. Quem quer comprar uma terra se não poder construir nela uma pequena casa para viver com a família? As aldeias vão simplesmente morrer pois os filhos não vão poder construir junto dos seus pais mesmo que tenham uma terra lá com todas as condições. Digam se não estamos a ser governado por loucos? Ou então pior: malandros, conspiradores, traidores, gente maligna e diabólica que destrói o povo e as famílias! Perguntei a um dos que estão dentro do assunto qual era o objectivo dessas leis e disse-me que era muito caro levar a água e a electricidade a casa isoladas ou distantes. Que corja de jumentos! Se fosse esse o objectivo então não proíbiam de construir como o estão fazendo quando a água e a electricidade para casas vizinhas de vinte a 50 metros passa por essas próprias propriedades. Sei de uma situação numa aldeia em que as casa existem ao longo de uma estrada e uma propriedade pela qual passa a conduta da água e a electricidade na margem da estrada que pega com essa propriedade e há casas numa margem uma no máximo a 30 metros e outra a 50 metros, na outra margem tem três casa no máximo a vinte metros de distância e não deixam contruir porque é proibido pelo prot. Se a terra ardesse era dessa pessoa lançar-lhe o fogo e ficar um buraco onde está o terreno. Ponham-se a pau. Se têm terrenos nas vossas aldeias sem casa esqueçam-nas pois lá não poderão construir a menos que essas terras tenham quatro hectares de área; vender também não pois quem vai querer essas terras onde se não pode construir e que nada rendem mas só dão prejuízo se as quisermos manter limpas? Isto dos 4 hectares deve ser para que os parasistas dos políticos e boys que à custa do dinheiro que roubam ao povo poderam comprar essas quintas mas o povo não possui tamanhas terras pois vive do trabalho e não do roubo. Quem quiser construir terá de ir para onde os boys detêm os terrenos onde se pode construir. Não me admiro dos fogos que existem pois as injustiças destes incompetentes levam as pessoas à revolta. Eu, pessoa de bem mas pela maldade que vejo nestes governantes só me dá vontade de destruir tudo o que poder! Estão roubando tudo ao povo e aos jovens e até o sonhar já não é possível.

    ResponderEliminar
  14. Caro doutor.

    A maçonaria e o poder instalado em Portugal anda a pagar e a patrocinar muitos indivíduos para que lancem livros a criticar os bombeiros voluntários em Portugal, e neste caso a fazer a promoção da Espanha e dos modelos espanhóis, para depois estes memos senhores que querem acabar com os bombeiros e que lhe lançaram este ataque selvagem em 2005 poderem dizer que há estudiosos que dizem que os bombeiros voluntários têm que ser extintos.

    Esta gente quer matar Portugal e empacotar-nos numa federação com sede em madrid, perseguem a ibéria pagos a soldo por espanha, mas antes de isso acontecer é necessário, acabar com o voluntariado em Portugal visto que isso é único do nosso pais, é uma imagem de marca de Portugal, e em espanha não existe ou é residual, sendo assim, estão afazer tudo para destruir os bombeiros portugueses de modo a uniformizar o combate aos fogos em portugal e espanha.

    Como os bombeiros não dependem desta gente, e não respondem perante estes indivíduos, há que eliminá-los, não vão eles no futuro opor-se em massa a isto, quer queiramos quer não os bombeiros voluntários são um exercito à escala nacional e algo que nos diferencia de espanha.

    Quarta feira na RTP N apareceu lá um artista que fez um ataque selvagem aos bombeiros voluntários, declarou que a solução era acabar com eles, retirá-los do combate aos fogos, e criar uma estrutura toda nova de bombeiros florestais, segundo ele copiar o modelo Andaluz, claro tinha que ser o modelo espanhol, isto cheira a iberismo, e gente patrocinada por traidores à pátria.

    Convêm lembrar que o senhor nada percebe de incêndios florestais, ele é um romancista, lançou este livro em 2006, por sinal altura em que começou este ataque desenfreado aos bombeiros em Portugal.

    Em relação ao livro em causa aquilo é um chorrilho de disparates, na Andaluzia não há resinosas, aquilo é só vegetação autóctone, que resiste por natureza ao fogo, é por isso que lá não há grandes incêndios, basicamente não nada para arder, acontece o mesmo que no Alentejo.

    Podem ver aqui no bombeiros para sempre, onde o individuo foi chamado a contas.

    http://bombeirosparasempre.blogspot.com/2010/08/portugal-o-vermelho-e-o-negro.html

    http://bombeirosparasempre.blogspot.com/2010/08/autor-do-livro-portugal-o-vermelho-e-o.html

    Convido-o ir lá dar uma espreitadela.

    ResponderEliminar
  15. Nunca pensei que adiscrepancia de meios entre Portugal e os outros paises fosse tão grande.

    Ate a croacia tem 6, e n´so aqui com 2.

    Realmente não se admite.

    talvez aqui esteja parte da explicação para o motivo porque arde em portugal e não arde tanto nos outros paises.

    E depois toca a pedir canadair's aos franceses, italianos e aos castelhanos, então aestes pelos vistos é todos os dias, que é para ver se o povo acha que os espanhóis é que são nossos amigos e os nossos salvadores.

    ResponderEliminar
  16. A quem serve a saga dos incêndios?
    .
    Quantos milhões perde a TAP AIR PORTUGAL por dia quando a sua frota comercial (meios aéreos) fica em terra por efeito duma qualquer greve ou por efeito, como foi, das cinzas vulcânicas da Islândia?
    Do mesmo modo, quantos milhões deixam de facturar as empresas nacionais e estrangeiras e consequentemente quantos milhões de prejuízo são contabilizados, salvaguardando as devidas proporções, quando os meios aéreos que servem no combate aos incêndios ficam em terra?
    Comprar Canadair’s para a FAP seria uma boa forma de travar o "investimento" tb estrangeiro neste domínio? Mas não será este gesto admitir que a saga dos incêndios se vai perpetuar? Não são apenas alcoólicos e dementes responsáveis pela ocorrência de fogos e insistir nesta tecla é fazer (ou estar ao serviço) o jogo do verdadeiro inimigo. Há 40/50 anos não tínhamos os meios materiais e humanos de hoje porque não tínhamos o número de incêndios de hoje, em Março (Inverno?) do ano passado ocorreram 4.000 fogos, os cantoneiros e cortadores de pinheiros, a machado diga-se, faziam fogo lá bem no interior do pinhal para aquecer a marmita, tínhamos a maior mancha florestal de pinheiro bravo da Europa mas não tínhamos o que temos hoje: Uma dotação orçamental para esta área, na ordem dos 105.000.000 Euros. É um bolo muito grande e apetecível, convenhamos! E por tudo isto, sem exagero, se concluí que também a nós humanos, o dinheiro há-de consumir a todos.
    Reduzir a verba a orçamentar, contenção no tamanho do “bolo” e paralelamente reforçar os meios dedicados à vigilância como sendo o envolvimento das acções do voluntariado e outros meios, neste domínio.
    Não foi o Sr. PR Cavaco da Silva capaz de mobilizar 100.000 voluntários para a recolha de todo o tipo de resíduos também no interior das matas? Porque não repetir a “dose” de forma continuada mesmo que com dez vezes menos de voluntários em acções apenas de vigilância já que para acções de combate não estão preparados? Os “prestadores de serviços aéreos” e também os fornecedores de todo o tipo de artefactos utilizados pelos exército de bombeiros não vão reagir com simpatia a uma qualquer iniciativa neste domínio. Do it, Sr Presidente! E só a Centro/Norte e Norte porque a Centro e a Sul não têm este ano, estranhamente, objecto de preferência. Não se sugere qualquer iniciativa ao Sr. PM porquanto até hoje só se pronunciou como sendo uma prioridade para o país a legislação dos “casamentos” gay e que levou à sua aprovação pelo Sr. PR Cavaco da Silva. Porquê? Sei mas não digo.
    Boa noite.

    ResponderEliminar
  17. É verdadeiramente indiscritivel a realidade deste país.
    A palavra de ordem mudou claramente.
    Por quanto tempo vamos ter que egolir estes sapos e assistir ao roubo descarado dos bens nacionais? Será que não existe gente de bem que queira de facto governar HONRADAMENTE o país? Será que todos aqueles que vão para a politica não têm principios? Ou deixam-se corromper rápidamente? Será que todos os que estão em cargos do Estado não sabem que estão lá para em primeiro lugar defender os interesses do Povo e do Estado Português? será que sabem o realmente diz o juramento que fazem quando tomam posse? Pois parece bem que não. O que fica cada vez mais visivel é que cada um tenta roubar o mais possivel enquanto lá está. E são muitos os exemplos: Dias Loureiro, Isaltino, Fátima Felgueiras, Valentim Loureiro, Jorge Coelho e muitos, muitos outros.
    Que povo de brandos costumes... Será que temos mesmo o que merecemos?
    A corrupção e o compadriu estão cada vez mais presentes no nosso dia a dia. Regressamos ao passado só que agora os lugares rodam por mais uns quantos amigos.
    A Politica em Portugal está moribunda e já fede mas ninguem parece estar incomodado. no próximo acto eleitoral lá vêm uns reboçadinhos envenenados para nos adoçarem a boca e tudo se esquece. que interessante seria se Portugal voltasse à esquerda. Que os hoje pequenos partidos passaem a governar este país quase de certo alguns apareceriam um pouco mais á esquerda no espectro politico.
    Tantas perguntas e tão pucas respostas.`
    É urgente "limpar" e "arrumar" a "casa", mas não creio que seja o PSD a resposta. Vamos ter mais do mesmo.
    A esperança é a última a morrer, espero ainda um dia ver este país e o seu povo a viver condignamente e os prevericadores a sentirem na pele o preço dos seus crimes.

    ResponderEliminar
  18. continuação...

    Como os bombeiros não dependem desta gente, e não respondem perante estes indivíduos, há que eliminá-los, não vão eles no futuro opor-se em massa a isto, quer queiramos quer não os bombeiros voluntários são um exercito à escala nacional e algo que nos diferencia de espanha.

    Quarta feira na RTP N apareceu lá um artista que fez um ataque selvagem aos bombeiros voluntários, declarou que a solução era acabar com eles, retirá-los do combate aos fogos, e criar uma estrutura toda nova de bombeiros florestais, segundo ele copiar o modelo Andaluz, claro tinha que ser o modelo espanhol, isto cheira a iberismo, e gente patrocinada por traidores à pátria.

    Convêm lembrar que o senhor nada percebe de incêndios florestais, ele é um romancista, lançou este livro em 2006, por sinal altura em que começou este ataque desenfreado aos bombeiros em Portugal.

    Em relação ao livro em causa aquilo é um chorrilho de disparates, na Andaluzia não há resinosas, aquilo é só vegetação autóctone, que resiste por natureza ao fogo, é por isso que lá não há grandes incêndios, basicamente não nada para arder, acontece o mesmo que no Alentejo.

    Podem ver aqui no bombeiros para sempre, onde o individuo foi chamado a contas.

    http://bombeirosparasempre.blogspot.com/2010/08/portugal-o-vermelho-e-o-negro.html

    http://bombeirosparasempre.blogspot.com/2010/08/autor-do-livro-portugal-o-vermelho-e-o.html


    EM RELAÇÃO AOS MEIOS AEREOS O LOBBY DO FOGO É MUITO PODEROSO.

    É ESSENCIAL ENCOSTAR COM ESSA SUCATA DESSES DROMADER´S E AIR TRACTOR'S OBSOLETOS QUE ANDAM NO AR, E SÃO 13 NO TOTAL, 5 PARELHAS, E 3 A ACTUAR ISOLADAMENTE, QUE ACTUAM EM PARELHA A PARTIR DE VILA REAL, VISEU, FÁTIMA, PROENÇA-A-NOVA, COVILHÃ,E ISOLADAMENTE APARTIR DA LOUSÃ, PONTE DE SOR E CERNACHE.

    CONFIRMEM AQUI:

    http://www.bombeiros.pt/cma/cma.php

    ESTES AVIÕES QUE LEVAM APENAS 1500 LITROS DE AGUA E TEM O ANDICAP DE NÃO SER ANFIBIOS COMO OS CANADAIR’S, O QUE FAZ COM QUE DEPOIS DE CADA LARGADA DE AGUA TENHAM QUE IR À PISTA ENCHER, O QUE DEMORA UMA ETERNIDADE, SÃO MENOS EFICAZES QUE UM HELICÓPTERO LIGEIRO, QUE LEVA 800 LITROS MAS ENVHE NO LOCAL DO INCENDIO E FAZ 4 OU 5 DESCARGAS ENQUANTO ESTES AVIÕES FAZEM APENAS UMA.

    PORQUE É QUE NINGUEM DENUNCIA ISTO.

    E O PAIS CONTINUA A ARDER.

    E NÃO SE COMPREENDE COMO É POSSIVEL QUE AINDUSTRIA DO FOGO, E ESTE LOBBY CONSIGA MANTE RNO ARA ESTA SUCATA TODA, E É CARICATO QUE NINGUEM FALA DISTO, OS JORNALISTAS NADAM TODOS A DORMIR.

    ESTES AVIÕES FORAM ENCOOSTADOS DE TODA A EUROPA, MUITOS DELS , NOMEADAMENTE OS AIR TRACTOR’S TEM MATRICULA ESPANHOLA, E TRIPULAÇÃO ESPANHOL,A E SÃO AVIÕES QUE POR ESTAREM ULTRAPASDSADOS FORAM BANIDOS DO TERRITÓRIOS ESPANHOL, E QUE ESTE LOBBY DO FOGO POE A VOAR EM PORTUGAL, SEM QUE NINGUEM FALE DISTO NOS JORNAIS.

    ESTES AVIÕES, QUE SÃO 13, TINHAM QUE SER RETIRTADOS, A DMITO QUE DEIXASSEM UMA OU DUAS PARELHAS PARA ZONAS DO PAIS COM DECLIVES MUITO ACENTUADOS, MAS DE RRESTO É ENCOSATR ISTO TUSO, E SUBSTITUILOS POR USN 7 OU 8 CANADAIR’S, E SE FOSSEM 10 NÃO ESTORVAVAM, TRIPULADOS PLEA FORÇA AEREA COMO S EFAZ NOS OUTROS PAISES.

    ResponderEliminar
  19. CONVEM LEMBRAR QUE OS OUTROS PAISES MEDITERRANICOS POSSUEM DEZENAS DESTES CANADAIR’S, TANTO DO MODELO CL-215 COMO DO MODELO CL-415, MAIS RECENTE.

    França: 22
    Itália: 16
    Espanha: 18
    Croácia: 6
    Grécia: 13

    CONFIRMEM AQUI OS NUMEROS NO WIKIPÉDIA.

    http://en.wikipedia.org/wiki/Canadair_CL-215

    http://en.wikipedia.org/wiki/Bombardier_415


    O PROBLEMA DE PORTUGAL NÃO ESTÁ NO NUMERO DE HELICÓPTEROS, ESSES SAÕ SUFICIENTES, O PROBLEMA DE PORTUGAL ESTÁ NO NUMERO DE CANADAIR'S DISPOSNIVEIS, APENAS TEMOS 2, EM VEZ DE O PAIS TER UNS 7 OU 8 CANADAIR’S, TEMOS AIR TRACTOR E DROMADER OBSOLETOS QUE NÃO VOAM EM MAIS LADO NENHUM DA EUROPA.

    DEPOIS TODOS OS DIAS DESDE 28 DE JULHO, TIVEMOIS QUE PEDIR CANADAIR´S AOS ESTRANGEIRO, FOSSE AITALIANOS, FRANCESES, OU ENTÃO AOS EPANHÓIS QUE É QUASE TODOS OS DIAS.

    É QUE O SENHOR DO MAI PREPARA A EPOCA DE FOGOS A CONTRA COM OS CANADAIR’S ESPANHÓIS, QUE VEM CÁ APENAS QUANDO NÃO SAÃO NECESSÁRIOS EMESPANHA, E DEPOIS O RESULTADO ESTA A VISTA.
    MAS O SENHOR DO MAI, ESSE MAÇÓNICO IBERISTA, NÃO FAZ MAIS NADA QUE ASSINAR ACORDOS DE COOPERAÇÃO COM ESPANHA, E CLARO OS INCENDIOS COMO SÃO MEDIATIZADOS NÃO PODIAM FALTAR, QUE É PARA O POVO OUVIR TODOS OS DIAS NA TELEVISÃO QUE OS CANADAIRS QUE VEM CÁ SÃO ESPANHÓIS, E QUE OS ESPANHÓIS SÃO AMIGOS E OS SALVADORES DOS PORTUGUESES, IBERISMO PURO, “MIND CONTROL” DA POPULAÇÃO COMO É DITO E BEM ANTERIORMENTE.

    A PASSAGEM DE SOBERANIA COMEÇOU COM AS MATERNIDADES, SEGUI-SE AS URGENCIAAS E AGORA JÁ VAI NO CONMBATE AOS FOGOS.

    DESDE O DIA 28 DE JULHO QUE QUASE TODOS OS DIAS PORTUGAL TEM QUE RECORRER A CANADAIR’S ESPANHÓIS.

    ISTO NÃO É NOMRAL, TEMOS QUE TER OS NOSSOS MEIOS.

    PARECE QUE JÁ EXISTE UM PAIS DE NOME IBERIA, EM QUE NA PROVINCIA DE NOME PORTUGAL APENAS ESTÃO 2 CANADAIR’S EACIONADOS EM SEIA, QUANDO FAZEM FALTA MAIS PEDEM-SE Á CAPITAL MADRID, CLARO ESTAEM CASTELHANO, CASO CONTRÁRIO ELES NÃO ENVIAM, E VEM DAS PROVOINCIAS VIZINHAS, E OS QUE VEM CÁ SAÕ SEMPRE OS MESMOS, 2 DE SALAMANCA EM QUE TEM ESTADO NOS INCENDIOS DE SÃO PEDRO DO SUL, E NA SERRA DA ESTRELA, 2 NA GALIZA QUE QUASE TODOS OS DIAS DESDE HÁ UMA SEMANA TEM IDO AO GERES, HOIJE NÃO ESTÃO PORQUE HÁ INCENDOIS EM ESPANHA, E POR ISSO NÃO HÁ NADA PARA NINGUEM, E EM TALAVERA LA REAL, PERTO DE BADAJOZ NA ESTREMADURA ESPANHOLA PARA O ALENTEJO E ALGERVE SE FOREM NECESSA´RIOS, EE SPANHA NÃO PRECISAR DELS, CASO CONTRÁRIO NÃO HÁ NADA PARA NINGUEM.

    CONVEM ESCLARECER QUE SAÕ PAGOS A PESO DE OURO.

    ISTO NÃO É NORMAL, E EU NÃO9 VEJO QUSE NINGEUM ADENUCIAR ISTO.

    PORQUE?

    OS JORNALISTAS ESTÃO PROBIDOS DE FALaR DISTO PELAS LINHAS EDITORIAS, TEM MEDO DO GOVERNO.

    QUE SE PASSA.

    ResponderEliminar
  20. Bons dias, Egun Non

    Caro Jóse Maria

    A todos vós e muitos mais vos digo.

    Povo Portugues = Covardes
    Estado Portugues = Fascista, Corrupto, Vil, .....

    Mas ainda nao entraram no buraco apenas se abeiraram dele, agora vai começar a descida.
    Boa sorte, tudo de bom

    ResponderEliminar
  21. Portugal tinha que ter pelo menos 8 canadai's, do estado para não sustentar papantes e comandados pela FAP.

    Sem dúvida.

    Estacionados 2 em Vila Real, 4 em Seia e mais 2 em Monte Real, e grande parte do problema ficava resolvido, não são a solução para tudo, mas d~
    ao uma grande ajuda.

    E se os outros os tem, porque motivo portugal não os adquire.

    Que negócios e que politicas impedem a aquisição destas aeronaves.

    E porque motivo a comunicaç~ºao não denuncia esta discrepancia entre Portugal e os outros paises no que rspeita ao numero destas aeronaves.

    E depois é diminutivo do pais ter que andar topdos os dias a pedir canadair's ao estrangeiro, então á espanha é uma vergonha.

    ResponderEliminar
  22. É o que dá termos um 1º Ministro que é um grande filho da ... Putin !

    ResponderEliminar
  23. Quase todos os comentários apontam no mesmo sentido. Corrupção, corrupção, corrupção! E o governo, o MAI/Rui Pereira não sabem?.
    No entanto alguém teima em recomendar a compra de Canadair's para a FAP. Os fabricantes deste tipo de aeronaves tb têm interesse neste tipo de sinistros porque é por aí que escoam o produto! É certo que travava o "investimento" privado, nacional e estrangeiro no ataque directo, ao bolo que são os 105.000.000 de euros orçamentados. Assim, como hoje, os meios aéreos para serem rentabilizados não podem ficar em terra e as facturação há-de ser produzida e o bolo não vai ficar ganhando blôr e enquanto houver bolo o espectáculo mediático fai ajudar a vender o "produto" que é o sensacionalismo desta tragédia promovida por mãos criminosas e que vai servindo de entretenimento daqueles, muitos portugueses que ainda não aprenderam a "comer" sózinhos.
    Assim, teimar em sugerir como solução a compra de canadair's não deixa em aberto a questão já anteriormente suscitada: Como rentabilizar a frota de tais meios aéreos?. Fogo, mais fogo? Não será este proposta de solução e em linguagem aernáutica entrar em looping? É preciso, isso sim fazer abortar esta saga de sinistros que são os incêndios e que alimentam interesses perversos e de alcance que não é duvidoso.
    Não insista na compra de Canadair's, não é por aí o caminho. O caminho é atacar o mal à nascença, e enquanto isso não for feito o polvo dos interesses vai sempre engordar e servir os "investidores" mesmo quando não houver mais pinhal para arder. Sempre vão existir as herbácias e capim.
    Quem não se lembra do filme "O incendiário"? Qual era o móbil do crime?
    Há 40/50 anos bombeiros voluntários trabalhavam nas fábricas e só quando a sirene ecoava, corriam, a pé, de bicicleta ou motorizada buscar os carros cirtenas e com metade da população da aldeia na berma da estrada, de terra batida, observavam o "espectáculo", raro de se ver, ao tempo, que era observar o passar dos bombeiros. Apagado o fogo, sem recurso quaiquer meios aéreos, repunham o material no quartel e após o seu reabastecimento voltavam ao trabalho nas fábricas. Contraste abismal com o "espectáculo" actual e que alimenta os mais variados e perversos interesses.
    .
    Os "casamentos" gay foram uma prioridade para o Sr. PM José Socrates. Qual vai ser a próxima prioridade?
    Boa tarde

    ResponderEliminar
  24. Uma coisa é certa, incêndios vai haver sempre, e maios alugados vai haver sempre.

    O estado não pode nem deve ter os 56 meios aereos, faz sentido alugar os helicópteros, apesar de 10 serem do estado, 6 kamov e 4 ecurriel.

    Os restantes, sim devem ser alugados, é mais barato.

    Em relação aos meios pesados, concordo com o que é dito, Portugal deve ter uma frota própria destas aeronaves, comandadas pela Força aerea, ou por pilotos contratados, o essencial é que sejam do estado para acabr com esta comezaina que é o aluguer dos 2 canadair's de seia e dos restantes dromader e air tractor, que são sem dúvida aviões obsoletos, em fim de vida e que não se usam nos restantes paises.

    ResponderEliminar
  25. Caro José Maria Martins, denuncie isto, é um escandalo, e pelos vistos pouca gente tem conhecimento disto, eu soube-o por fontes seguras ligadas ao comando distrital de bombeiros.

    No que respeita os meios aéreos pesados é uma vergonha de todo tamanho o que se passa em Portugal.

    O senhor do MAI sabe muito bem que os nossos 2 canadair’s são insuficientes, contudo prepara a época de fogos a contar com os candadair’s espanhóis, ou seja, em vez de termos os nossos, não temos que pedir a Espanha, ate ai a soberania do pais já esta entregue a Espanha.

    Porque motivo desistiu em 2005 este senhor do MAI e este governo da aquisição de 6 canadair’s financiados em 25 % pelo banco europeu de investimento.

    Para agora sermos os pedintes europeus de canadair’s.

    Desde o dia 28 de Julho até dia 19 de Agosto, data em que foram embora os 2 canadair’s Franceses, todos os dias o pais teve que recorrer a aviões estrangeiros, fossem franceses, italianos ou espanhóis, então espanhóis foi quase todos os dias, e não pontualmente como dizia o senhor Gil Martins no breefing aqui há uns dias na sede dos SNB.

    Já ontem vieram cá 2 canadair’s espanhóis a Monção, e hoje quando os incendios no distrito de vila real já duram há 3 dias.

    O de sabrosa há 3 dias, já reacendeu 2 ou 3 vezes, o de chaves há 2 dias, e o de vila pouca de aguiar há mais de um dia.

    Passado este tempo tod, e quando o estrago já esta feito e é mais que muito é que eles vão mendigar canadair’s ao estrangeiro, vem ai de novo a reserva tactica da união europeia, 2 chegaram hoje de tarde pelos vistos, confirme aqui no site da anpc.

    http://www.prociv.pt/Publico/smaListDetails.asp?OcurId=13416&numOcorrencia=17634

    Pelos vistos foi a cção destes 2 aviões que acabou com este fogo que já durava há 2 desde ontem.

    Isto é para que ningume diga que estes aviões não fazem a diferença, se não fizesse não os pediam lá fora.

    Isto não é normal, este gente não dota o pais de meios suficientes, apenas para andar nesta pedinchice a Espanha, é de propósito, para o povo achar que já estamos entregues aos espanhóis.

    Pensam que a população não faz estes comentários, a população sabe bem que os aviões são espanhóis.

    Começou com as maternidades e serviços de urgência, agora já vai no combate aos fogos.

    E os canadair’s a Espanha não são requisitados através do mecanismo europeu como acontece com os que são requisitados á França, ou Itália, são requisitados pelo comando nacional da ANPC directamente ao comando espanhol, claro está em castelhano, que futuramente e se os planos destes traidores iberistas que desgovernam Portugal correrem bem, mudara novamente de nome e deixará de se chamar espanhol e passará a ser designada de língua ibérica, é que se os senhores da ANPC falarem em Português eles já não enviam os canadair’s.

    ResponderEliminar
  26. continuação...

    E os que vem são sempre os mesmos, e pertencem á mesma firma que aluga os dois de Seia, pertencem á firma espanhola CEGISA, e que anteriormente eram alugados pela Aerocondor.

    Os dois que estão em Seia Têm a matricula espanhola EC-HET, e o EC-HEU, no fim da temporada de fogos regressam a matacan, vejam aqui as fotos dos dois, algumas em Seia , outras em Matacan

    http://www.airliners.net/search/photo.search?regsearch=EC-HEU

    http://www.airliners.net/search/photo.search?regsearch=EC-HET

    Sendo assim, quando a capacidade os 2 canadair’s de Seia se esgota, o que acontece quase todos os dias, basta um incêndio para os ocupar, os senhores da ANPC pedem em castelhano aos homólogos espanhóis, que façam o favor de lhe enviar os canadair’s que também pertencem á CEGISA e que estão baseados em Matacan, em Salamanca e os que estão na Galiza.

    É óbvio que vem apenas quando os espanhóis não necessitam deles, e são pagos à hora à CEGISA pelo estado português, o que deve focar num balúrdio ao erário publico.

    Desiludam-se aqueles que pensavam que os canadair’s espanhóis vinham de borla como os Franceses ou os Italianos, era bom era.

    Vejam aqui as fotos dos canadair’s da CEGISA em Matacan.

    http://www.airliners.net/search/photo.search?placesearch=Salamanca%20%28-%20Matacan%29%20%28SLM%20%2F%20LESA%29&distinct_entry=true

    E em Santiago de Compostela.

    http://www.airliners.net/photo/CEGISA/Canadair-CL-215-1A10-CL-215-II/1346163/&sid=dc108fd92e9f277c7ceb68926265690a

    Se no Alentejo ou Algarve estes meios fizerem falta, esta parte do pais está entregue a dois que estão perto de badajoz, em Talavera la Real, e que já ca vieram em anos anteriores ao Algarve, vejam aqui as fotos:

    http://www.airliners.net/search/photo.search?airlinesearch=DGCN&distinct_entry=true

    Faz de conta que a ibéria já existe e que nós somos apenas mais uma província espanhola, onde apenas estão estacionados 2 canadair’s, e se forem precisos mais vêm de províncias vizinhas.

    E isto não é inocente, o objectivo fazer o chamado “mind control” da população, dando a entender que espanha e os espanhóis são bons e amiguinhos e que ate canadair’s nos enviam, é sem duvida iberismo a todo o vapor, e já chegou ao combate aos fogos.

    ResponderEliminar